CÁRTAMO

Ingredientes: Óleo de Cártamo (Carthamus tinctorius) com Vitamina E. Cápsula: Gelificante Gelatina, Veículo Água Purificada e Umectante Glicerina.

Alergênicos: Pode conter soja, peixes, crustáceos (Ucides cordatus), castanha-do-pará e trigo. CONTÊM GLÚTEN.

Modo de uso: Tomar 2 (duas) cápsulas 2 (duas) vezes ao dia, preferencialmente antes das principais refeições e com o auxílio de água.

Cuidados de conservação: Conservar ao abrigo da luz, umidade e calor excessivos e com a embalagem fechada. Não consumir este produto caso o lacre de segurança esteja rompido.

Óleo de Cartamo:

O açafrão é uma especiaria conhecida, cultivada e apreciada desde a antiguidade em toda a bacia mediterrânica, como matéria corante, aromatizante e medicinal. De suas sementes é extraído um óleo de elevado valor dietético muito usado atualmente como suplemento alimentar, o denominado óleo de cártamo (Pintão et al., 2008; Koyama et al., 2006). Neste, predominam os ésteres glicerídeos de ácidos graxos insaturados (90%). O óleo de cártamo (Carthamus tinctorius L.) é rico em ácidos graxos essenciais, em que o ácido oléico representa 20 a 30% e ácido linoléico, 70 a 87% na sua composição. Além disso, o óleo de cártamo é uma fonte rica em alfa-tocoferóis, desempenhando assim potente ação antioxidante (Ekin, 2005; Vosoughkia et al., 2011).

Com a finalidade de redução da incidência dos elevados níveis de obesidade e das comorbidades associadas a esta doença, a American Heart Association recomenda o consumo de uma dieta equilibrada, com baixo teor de lipídios, colesterol e ácidos graxos saturados. Em contrapartida, recomenda a ingestão de ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados na dieta, ainda que por suplementação (Ferreira et al., 2011). A vitamina E desempenha ação antioxidante com impacto no combate ao envelhecimento, assim como no estresse oxidativo ao qual o organismo humano é exposto diariamente. Auxilia no bom funcionamento do sistema imunológico, se faz essencial na regeneração dos tecidos e participa ativamente do transporte de aminoácidos e açúcares da corrente sanguínea para o interior do tecido muscular.

Ação Terapêutica e Indicações:

● Atua na redução da circunferência abdominal;
● Auxilia no tratamento da hipertrigliceridemia;
● Acelera o metabolismo e colabora no processo de definição muscular;
● Participa da regularização do LDL colesterol;
● Atenuante em quadros inflamatórios;
● Possui ação antioxidante.

Propriedades e Mecanismo de Ação:

A suplementação com certos tipos de lipídios vem sendo utilizada no intuito de estimular a oxidação dos ácidos graxos (AG) e modificar a composição corporal (Boschini e Garcia, 2005; Garcia, Lagranha e Phiton-Curi, 2002). É o caso do triglicerídeo de cadeia média (TCM), um tipo de lipídio saturado, constituído por três ácidos graxos de cadeia média ligados a uma molécula de glicerol, numa cadeia de seis a doze átomos de carbono (Leser e Alves, 2010). As principais fontes alimentares dos lipídios de cadeia média são os óleos. O TCM possui uma velocidade de absorção mais rápida do que os triglicerídeos de cadeia longa, já que utiliza o sistema porta-hepático para chegar ao fígado, não necessitando da reesterificação no sistema linfático. Além disso, a entrada dos ácidos graxos de cadeia média na mitocôndria não depende do sistema de transporte ligado à carnitina.

Quando suplementado, o TCM aumenta a taxa de oxidação de lipídios, e, uma vez consumido, 90% é oxidado em 24 horas (Boschini e Garcia, 2005). O óleo de cártamo é extraído da flor da espécie Carthamus tinctorius L. e é composto por ácidos graxos saturados palmítico, e esteárico e os ácidos insaturados oléico e linolênico, todos com tamanho médio de cadeias de carbono (Yeilaghi e colaboradores, 2012). De acordo com um estudo conduzido na Universidade da Califórnia, o ácido oléico estimula a produção do lipídeo oleil-etanolamida (OEA), substância a qual reduz o apetite, potencializa a redução da circunferência abdominal e diminui a produção de LDL. Atualmente os ácidos graxos presentes na composição do óleo de cártamo recebem destaque em estudos científicos por estarem associados à redução dos quadros de arteriosclerose, prevenção do desenvolvimento do Diabetes Tipo II, redução do acúmulo de gordura corporal, diminuição do colesterol LDL e possível efeito antitrombônico – desde que consumidos em quantidade adequada e sob orientação médica.

Dentre os últimos benefícios estudados, notou-se o aumento na sintetização do hormônio adiponectina, o qual regula o uso da gordura armazenada no tecido adiposo para produção de energia no organismo humano. Com o aumento deste hormônio, há - por conseqüência, maior uso da gordura armazenada nos tecidos com o objetivo de gerar energia durante atividades físicas – o que impacta na redução da circunferência abdominal. Rico em ácidos graxos poli-insaturados e monoinsaturados, o óleo de cártamo tem – ainda - a capacidade de promover estímulo de saciedade por aumentar a leptina, hormônio resistente em obesos.


COMPRE JÁ PELO:
TELEVENDAS: 0800 580 2900
TELEVENDAS: 0800 591 1101